Aprenda de vez a emitir Nota Fiscal Eletrônica

Você está começando a empreender e vai precisar emitir notas fiscais? Esse processo leva poucos minutos e é uma das principais maneiras de garantir segurança tributária ao seu negócio.

Todo negócio precisa emitir notas fiscais para registrar as vendas de produtos e serviços — do contrário, pode ser acusado de sonegação fiscal.

A seguir, você vai entender como emitir nota fiscal eletrônica passo a passo sem dificuldades e com o apoio da tecnologia. Vem com a gente!


Para resumir os tipos de notas fiscais 👇

Nota fiscal eletrônica (NF-e)

A nota fiscal eletrônica (NF-e) é emitida por empresas do comércio para registrar a venda de produtos. Ela garante o recolhimento do ICMS, que é o principal imposto cobrado pelo estados brasileiros. 

Nota fiscal de serviços eletrônica (NFS-e)

A nota fiscal de serviços eletrônica (NFS-e) é emitida a cada prestação de serviços realizada pela empresa. Nesse caso, o imposto recolhido é o ISS pelo município.

Nota fiscal do consumidor eletrônica (NFC-e)

A nota fiscal do consumidor eletrônica (NFC-e) é utilizada para registrar a venda direta de produtos e serviços ao consumidor. Por isso, é mais utilizada no varejo, e tem a função de substituir o cupom fiscal como comprovante de venda. 

Passo-a-passo para Emitir Nota Fiscal 📄

1) Identificando o tipo de Nota

Em primeiro lugar, é preciso verificar o tipo de Nota Fiscal que você precisa emitir e que se encaixa melhor no seu negócio: a NF-e é para produtos, a NFS-e para serviços e a NFC-e para vendas diretas ao consumidor no varejo. 

2) Adquira um certificado digital

Antes de solicitar um certificado digital, você precisa de um credenciamento aos órgãos públicos competentes para emitir notas fiscais, seja na sua cidade ou no seu Estado (depende da sua atividade).

Se você precisa emitir a NF-e, você precisa realizar o cadastro na Secretaria da Fazenda do Estado (SEFAZ). Agora, se seu negócio é sobre prestação de serviços e vai precisar emitir NFS-e, faça o cadastro na Prefeitura do seu município. Consulte seu contador para fazer esse registro.

O certificado funciona como uma assinatura digital, permitindo que você acesse os sistemas do governo e garanta a autenticidade das transações online. 

Você pode adquirir seu certificado digital junto às Autoridades Certificadoras credenciadas  pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), como a Caixa Econômica Federal, Serasa Experian, Receita Federal e SERPRO.

No mercado, você vai encontrar opções como e-CNPJ e NF-e (ambos servem para emitir notas fiscais eletrônicas).

Lembrando que empresas de serviço não são obrigadas a utilizar o certificado para emitir NFS-e (podem usar a Senha Web) — o uso é obrigatório para emissão de NF-e.

3) Emita sua nota por um Sistema ERP

Agora chegou a hora de começar a emitir suas notas fiscais.

Recomendamos o uso de sistemas ERP, que além de emitir suas notas fiscais, facilita a gestão e podem ser acessadas diretamente pelo contador. Nesse minitutorial, usaremos o sistema ERP Notalize, que é grátis por 15 dias: é uma ferramenta completa para gerenciamento de empresas. Vamos lá? 🚀

Basta você selecionar VENDAS e depois clicar em NOVA VENDA e preencher os dados da sua venda com cliente, produto, valores e tudo o que você precisa registrar na sua Nota Fiscal. Depois, basta clicar em EMITIR NOFA FISCAL e pronto! Sua nota foi gerada e enviada a SEFAZ.

Conheça agora o sistema ERP on-line Notalize, clicando aqui.